menu
O Povo
População e Taxa Anual de Crescimento Distribuição populacional As cinco regiões
Principais Cidades Raças Idiomas Religião


Raças

Basicamente, há três raças na formação do povo brasileiro. Aos habitantes originais (indígenas) foram somadas sucessivas ondas de europeus (principalmente portugueses) e africanos (a maioria da costa oeste abaixo do Saara).

Até o século XVI, a área que hoje é o Brasil foi habitada por centenas de tribos indígenas que embora similares racialmente, falavam línguas diferentes e tinham culturas distintas. Grupos de língua Tupi-Guarani que viviam na região costeira e arredores casaram-se com os colonizadores portugueses. Por outro lado, muitas tribos que falavam outras línguas e viviam no interior demoraram a estabelecer contato com os "estrangeiros". Atualmente, o número de tribos de índios nativos brasileiros é de 200, que falam 180 línguas diferentes.

A maioria dos índios vive em vastas áreas (850.000 km²) equivalentes a 10% do território brasileiro. Terras reservadas à população indígena pelo Governo Federal. Nestas áreas, que correspondem a três vezes o tamanho da Grã Bretanha, os índios estão aptos a preservar seu estilo de vida.

Em meados do século XVI, africanos pertencentes aos grupos étnicos Bantu e Sudaneses da Nação Yoruba (o que é hoje a Nigéria e o Benin) foram trazidos para o Brasil para trabalhar como escravos na indústria da cana-de-açúcar e, mais tarde, nas minas de ouro e diamantes e nas plantações de café. O processo de integração iniciado entre europeus e índios rapidamente englobou os escravos negros.

A mistura racial ocorreu desde o descobrimento do Brasil, no final do século XV, recebendo um número cada vez maior de imigrantes do mundo inteiro. Portugal permaneceu a mais importante fonte de migração para o Brasil, seguido da Itália, Líbano e Alemanha. Na primeira metade do século XX, como conseqüência da guerra e pressão econômica, um considerável contingente de imigrantes veio do Japão e, pela boa receptividade social, uma tendência à imigração japonesa foi estabelecida. Por volta de 1969, 274.312 japoneses haviam vindo para o Brasil. Hoje, brasileiros de descendência japonesa são o maior grupo desta raça existente fora do Japão.


top